icone face  icone twitter


icone transparencia

Ouvidoria Geral

Serviço de Informações ao Cidadão

Relatórios

Aumento do número de atendimentos em Joinville é reportagem de capa de jornal local

23268222

O aumento do número de atendimentos no Núcleo Regional de Joinville após a expansão das atribuições ocorrida em janeiro foi reportagem de capa de jornal A Notícia desta quinta-feira (4/5/2017).

Segundo a reportagem, "o número de atendimentos da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina (DPE-SC) teve um aumento significativo após a expansão de suas atribuições em Joinville. Desde janeiro, o órgão atende a situações de todas as áreas da Justiça estadual. Entre janeiro e abril deste ano, foram realizados 10.886 atendimentos. No mesmo período de 2016, quando ainda não havia o atendimento de todas as áreas, foram 4.155. A maior demanda é para assuntos relacionados ao direito da família, com 1, 6 mil atendimentos no primeiro quadrimestre deste ano.".

Em entrevista ao jornal, o Coordenador do Núcleo, Djoni Luiz Gilgen Benedete, esclareceu os motivos do aumento:

"O defensor público explica que dificilmente o número de atendimentos mensais passava de mil até dezembro de 2016. Agora, são mais de dois mil atendimentos mensais. Ou seja, mais do que dobrou. O defensor explica que agora as pessoas também podem procurar o órgão para resolver questões sobre direito do consumidor, contratos bancários e financiamento de carros e imóveis.

— Muitas pessoas com carro em situação de busca e apreensão têm vindo nos procurar para tentar algum acordo. As pessoas também têm procurado para questões da área dos tributos, para fazer a defesa em relação ao IPTU e à tarifa de lixo, por exemplo — explica.

— O nosso forte ainda é o direito da família, com questões como partilha, divórcio e pensão alimentícia. Depois, vem a área da saúde, com pedidos de medicamentos, cirurgias e leitos de UTI. Em terceiro lugar, vêm as vagas em creche. São as três áreas que mais nos procuram — diz.

Djoni lembra que a Defensoria também atende a questões referentes ao direito de moradia, fornecimento de fraldas geriátricas, indenização para pessoas que foram colocadas indevidamente no SPC ou Serasa, corte indevido de água e luz, indenização por erros médicos, falta de leito na UTI, prisões indevidas, nome social para transexuais, usucapião, problemas com obtenção de diploma e concursos públicos."

O atendimento ao público é realizado na rua Blumenau, 953, no bairro América, de segunda a sexta-feira, das 9 às 11 horas. Para informações de casos já atendidos pela Defensoria Pública, o atendimento é somente às terças-feiras, das 13h30 às 15h30. 

http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/geral/joinville/noticia/2017/05/defensoria-publica-dobra-numero-de-atendimentos-em-joinville-9785810.html

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |