A Defensoria Pública de Santa Catarina, representada pela defensora pública  Anne Teive Auras, participou da solenidade de abertura do evento “ Dezesseis dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, que aconteceu no auditório do Centro de Educação Continuada de Florianópolis (CEC), na manhã dessa quarta,  dia 20 de novembro.  

Organizada pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, por meio de sua Coordenadoria de Políticas Públicas para a Mulher (CMPPM), a programação contará com uma série de atividades culturais, oficinas, rodas de conversa, marchas, exibição de documentários, dentre outros eventos.

Na oportunidade, a defensora pública Anne Teive Auras aproveitou para destacar, em sua fala, o Dia da Consciência Negra, recordando que as mulheres negras são as mais afetadas pela violência. “ Elas são as maiores vítimas de feminicídio, além de sofrerem mais violência sexual, assédio e agressões na rua”, afirmou.

Destacou, ainda, a necessidade de construção e fortalecimento de políticas públicas de Estado que, de forma permanente, promovam a prevenção da violência, a garantia dos direitos de todas as mulheres e, também, combatam o racismo institucional.

A programação dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres vai até o dia 10 de dezembro. 

Valquiria Guimarães

Assessoria de Comunicação

Defensoria Pública de Santa Catarina

 

 

Foto 16 dias ativismo2

 

16 dias ativismo copia 1